Resenha: Em Busca de WondLa

Em-busca-de-WondLa
A primeira vez que eu ouvi falar desse livro eu não quis ler. Não quis nem saber do que se tratava a história, imaginei que fosse ser um livro bobo e achei o nome Wondla muito ruim, parecia uma cópia de Wonka. Mas, uma vez estando na Bienal do Livro, eu encontrei os dois primeiros livros da trilogia por nove reais cada e como as capas são realmente muito bonitas eu decidi comprar. Comecei a ler sem dar nada pela história, sem esperar grande coisa mas confesso que fui surpreendida. Vai ser difícil falar sobre sem dar (muito) spoiler mas vamos lá.

O livro é narrado em terceira pessoa e conta a história da Eva Nove, uma menina de 12 anos que mora num abrigo subterrâneo, o Santuário, com uma robô chamada Mater. Eva tem um sonho de ir até a superfície e encontrar outros humanos mas para isso precisa passar por um treinamento para que esteja pronta para enfrentar todo e qualquer perigo que possa aparecer. Porém um dia, seu Santuário é invadido e destruído por um monstro chamado Feraptor e Eva Nove precisa fugir. Ela finalmente chega até a superfície e descobre que todos os treinamentos pelos quais ela passou não serviram de nada e que os perigos ali presentes eram muito maiores e piores de tudo que ela já imaginou. Sozinha, Eva vai a procura de outros como ela e acaba fazendo amizade com Andrílio, um ceruleano que conta pra Eva que ela não está no planeta Terra, como ela sempre pensou, e sim em Orbona. Andri, como Eva passou a chamá-lo, ajuda a menina na procura de outros humanos, embora ele mesmo nunca tenha visto outro humano senão Eva. Tudo que ela tem para ajudar em sua busca é uma ilustração muito velha de uma menina de mãos dadas com um robô e um adulto e uma frase cujas únicas letras visíveis formam a palavra “WondLa”. Juntos, Eva Nove, Mater e Andrílio Kitt enfrentam muitos perigos mas no final, Eva finalmente descobre o verdadeiro significado de Wondla e encontra tudo o que sonhou porém não da forma que ela esperava.

Image

A leitura é muito fácil e por ter muitas ilustrações, se torna bem rápida também. O universo futurista criado pelo Tony DiterlizziImage, autor e também ilustrador da trilogia (conhecido por ser co-autor de As Crônicas de Spiderwick) é fascinante. Em alguns momentos o livro me lembrou os filmes Eragon, Star Wars e até mesmo Avatar. O livro é muito bem feito (e muito cheiroso também rs!). Outra coisa legal é o recurso interativo chamado Wondla Vision que o livro traz. Determinadas páginas contém figuras que são chaves para um mapa interativo e em 3D que te permitirá seguir o mesmo percurso de Eva Nove. Tudo que você precisa fazer é entrar em www.wondla.com.br, ativar o recurso e colocar a imagem de frente para a webcam que o mapa de Orbona se abrirá.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Resenha: Em Busca de WondLa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s